MP-GO adere ao Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos

13 de novembro de 2017

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, assinaram nesta segunda-feira termo de adesão ao Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos. A iniciativa permitirá que todos os estados brasileiros compartilhem banco de dados e ferramentas únicas na busca por pessoas desaparecidas.

Segundo dados do Fórum Nacional de Segurança Pública, somente em 2016 foram registrados 70.000 casos de pessoas desaparecidas no Brasil. O sistema foi desenvolvido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que o disponibilizou ao CNMP e aos MPs dos estados.

A cooperação técnica permitirá o desenvolvimento de ações conjuntas e apoio mútuo às atividades de interesse comum de sistematização dos procedimentos relativos ao fluxo das comunicações e registros de notícias de pessoas desaparecidas e/ou vítimas de tráfico de seres humanos.

O sistema permite tratamento das informações, indexação e disponibilização aos interessados, de forma a potencializar ações de busca de pessoas desaparecidas, submetidas ao tráfico de seres humanos ou em situações correlatas.

Fonte: Ascom MP-GO