Novo batalhão da PM reforça segurança em 213 bairros de Goiânia

Melhor estrutura física possibilita incremento no efetivo da região Oeste de Goiânia, além de condições de trabalho adequadas. Instalações custaram mais de R$ 500 mil

11 de dezembro de 2018
Foto: Google

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) recebeu, nesta terça-feira (11), a estrutura do 42º Batalhão de Polícia Militar – Batalhão Irapuan Costa Júnior, que passa a funcionar na Rua das Magnólias esquina com Rua do Esmalte, Setor Parque Oeste Industrial, Goiânia. A nova unidade absorveu a 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (15ª CIPM) e a 29ª CIPM. Isto, de acordo com a corporação, significará um aumento no efetivo e melhoria nas ações das forças de segurança.

O major Wesley Elias Reis Pires, que assumiu o comando do 42º Batalhão na oportunidade, explica que o trabalho da PM na Região Oeste da capital será reforçado com a integração das duas companhias à nova estrutura. “Vamos ter um corpo de oficiais maior e condições de colocar mais viaturas dentro dessa nova estrutura”, informou.

O novo batalhão foi construído graças a uma Parceria Público Privada (PPP) entre a PM e o grupo empreendedor responsável pelo Complexo Residencial Eldorado Parque, formado pelas empresas Dinâmica Engenharia, Engel Engenharia e Tropical Urbanismo. O quartel servirá como uma base operacional para o serviço de segurança ostensiva realizado em 213 bairros de Goiânia. Com investimentos da ordem de mais de R$ 500 mil, a obra foi realizada em 88 dias num terreno de 1.199 m² e terá uma área construída de 294,2 m². O batalhão tem 18 ambientes, o que inclui salas de comando, subcomando, administração, alojamento, sala de instrução, copa, central de processamento de dados (CPD), almoxarifado, vestiários, banheiros e recepção.

“Sabemos da importância desta obra para a sociedade desta região e também para uma melhor condição de trabalho para estes militares que prestam este serviço fundamental para toda a sociedade”, destacou o diretor da Construtora CMO, Moacyr Moreira que falou em nome do grupo empreendedor.

O s ócio-proprietário da Tropical Urbanismo, Paulo Roberto da Costa, lembrou que os resultados da parceria devem ser compartilhados. “Esta é uma relação de ganha-ganha. Há benefícios para sociedade e para os moradores com mais segurança, e nós empreendedores esperamos despertar mais interesse do goianiense pela região com as melhorias desenvolvidas”, disse ao lembrar que a construção de um parque na região é o próximo desafio do grupo. O Eldorado Parque é um complexo residencial em desenvolvimento em 25 quadras do bairro Parque Oeste Industrial.

O comandante geral da PM-GO, coronel Sílvio Vasconcelos, explicou que o local servirá à comunidade com serviços de prevenção. “A unidade será uma referência para o cidadão poder atender à sua necessidade, o seu socorro, a sua informação e o outro ganho é a maior presença policial militar porque aqui nós estamos fazendo a junção de duas companhias para formar aqui o 42º BPM”, resumiu.

O secretário estadual de Segurança Pública, Irapuã Costa Júnior, que dá nome à unidade, aproveitou a oportunidade para reconhecer o senso de responsabilidade social dos empreendedores. “Fico muito satisfeito em ver esta parceria de vocês, vocês empresários se aproximam da nossa polícia, entendem que o policial e o cidadão tem que se estimar e se respeitar cada vez mais, e os senhores comparecem e atendem a uma necessidade premente da Polícia Militar, compreendem que o poder público muitas vezes não pode fazer aquilo que precisa fazer. Aceitem com o coração o agradecimento da Segurança Pública, da Polícia Militar”, enfatizou o secretário.

Durante a solenidade, os incorporadores do Eldorado Parque foram homenageados com a Medalha Tiradentes, a maior honraria da PM-GO. Além de Paulo Roberto e Moacyr, receberam a honraria os empresários Alair Lopes, da Engel Engenharia, e Eugênio Carvalho e Mário Valois, ambos da Dinâmica Engenharia, sendo o último representado pela gestora comercial da empresa, Ana Maria Cunha.

Sensação

A síndica do Condomínio Dela Flor, vizinho ao novo batalhão, a administradora, Ana Flávia Sales Brandão, de 30 anos, acredita na melhoria da segurança da região. “A sensação de segurança propriamente dita é inegável como ganho, tê-los tão próximo e como parceiros também e fazer parte da nossa casa, porque a região do Eldorado Parque é a nossa casa e agora com o batalhão aqui dentro”, finaliza.  A autônoma Graziele Fidelis de Aquino Lemes, de 28 anos, também considera que batalhão proporciona maior sensação de segurança. “Com certeza teremos mais segurança porque aqui é um lugar complicado”, acredita.

O comandante do policiamento da capital, tenente-coronel Ricardo Mendes, fez um compromisso na inauguração do batalhão. “Todo este investimento que foi feito por estas incorporadoras será traduzido para a população em um serviço de qualidade”, assegurou. Inicialmente, a construção seria destinada apenas para a transferência da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (15ª CIPM), mas, os planos foram alterados e será feita a junção com a 29ª CIPM, que também presta segurança para a região Oeste. De acordo com a assessoria de imprensa da PM, a decisão de unir as duas companhias foi tomada porque a estrutura tem plenas condições de abrigar um batalhão, e com isso a corporação tem melhores condições de promover a segurança na localidade. Todos os projetos foram entregues à PM, de forma que o modelo poderá ser replicado em outras áreas, caso haja interesse.