Apenas 5% fizeram o recadastramento do Cartão Metrobus em outubro

Quem perder o prazo pode ter o benefício cancelado

29 de outubro de 2018

Os usuários do Cartão Metrobus nascidos no mês de outubro têm até a próxima quarta-feira (31) para fazer o recadastramento. A Secretaria de Governo de Goiás (Segov) informa que, até o momento, apenas 326 pessoas foram recadastradas, o que equivale a 5,5% do total previsto para este mês, que é de 5.893 pessoas.

Para a garantia do benefício, os interessados devem procurar qualquer unidade do VaptVupt. É preciso levar documento oficial com foto, CPF e comprovante de endereço atualizado. O superintendente da Juventude, Leonardo Felipe, alerta que é preciso fazer o recadastramento para garantir o benefício. “É preciso que os usuários fiquem muito atentos ao prazo. Reforçamos a importância da realização do recadastramento dentro do mês de aniversário, sob pena de ter o benefício suspenso e, até mesmo, cancelado”, reforça.

Cartão Metrobus é um subsídio do Governo de Goiás a usuários da linha do Eixo Anhanguera, que beneficia todo e qualquer morador dos municípios integrantes da Região Metropolitana. A Segov estima que,no períoso de agosto a dezembro de 2018,  30 mil pessoas façam o recadastramento. Confirao calendário:

  1. Usuários nascidos no mês de outubro – 1º de outubro a 31 de outubro de 2018;
    2. Usuários nascidos no mês de novembro – 1º de novembro a 30 de novembro de 2018;
    3. Usuários nascidos no mês de dezembro – 1º de dezembro a 31 de dezembro de 2018.

Para validar os créditos e utilizar o benefício, o cartão tem que ser liberado em máquinas instaladas nos terminais de ônibus e no comércio. O saldo não é cumulativo. Assim, se o usuário não utilizar todas as viagens em um mês, no mês seguinte vai receber apenas um complemento. Ao longo de 2018, o governo estadual destinou mais de R$ 2 milhões de reais ao pagamento do subsídio.