Serial Killer de Goiânia é condenado a 21 anos de prisão 

9 de julho de 2018
por

O “Serial Killer de Goiânia”,  alcunha pela qual ficou conhecido o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, 30, foi condenado nesta segunda-feira (9 de julho) a vinte e um anos de prisão pelo assassinato da jovem Wanessa Oliveira Felipe, que na época tinha 22 anos, dentro de uma farmácia na capital goiana.

A condenação pela morte da jovem foi a 29ª do vigilante por homicídio, que agora já está condenado a penas que ultrapassam os 600 anos de prisão. 

Wanessa foi porta por Tiago no dia 23 de abril de 2014, quando havia acabado de sair da academia e passado em uma farmácia. O assassino chegou pilotando uma moto e, sem retirar o capacete, sacou uma arma e disparou contra as costas da vítima, que terminou falecendo em decorrência do ataque.

Os jurados decidiram que o crime foi qualificado, com dificuldade de defesa da vítima, o que agravou sua situação. Tiago confessou o crime à polícia de Goiás e um laudo pericial constatou que a bala que a matou saiu de uma arma que havia sido apreendida com Tiago.

Seus defensores declararam que irão recorrer da sentença.