Copa América de 2019 será no Brasil

Detalhes como sedes e as seleções convidadas serão definidos nas próximas semanas

23 de fevereiro de 2018

Uma reunião do Conselho da Conmebol nesta sexta-feira, no Uruguai, levou adiante o trabalho do Comitê Organizador Local (COL) da Copa América 2019, no Brasil. A confederação definiu que a competição será disputada entre 14 de junho a 7 de julho e oficializou a presença de Cafu e Branco, campeões mundiais com a Seleção em 1994, no órgão ao lado de outros três dirigentes: Rogério Caboclo, diretor-executivo da gestão da CBF, Fernando Sarney, vice da CBF e integrante do Conselho da Fifa, e Antonio Carlos Nunes, presidente interino da CBF na ausência de Marco Polo Del Nero.

– É um orgulho começar os trabalhos para fazer uma Copa América inesquecível, num país que tem a experiência recente de organizar grandes eventos esportivos. A Conmebol está vivendo um novo momento e temos certeza de que será uma competição histórica, que retornará ao Brasil após 30 anos – disse o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

A confederação sul-americana ainda informou que “detalhes como locais e as seleções convidadas serão definidos nas próximas semanas”.

– Apresentamos o projeto e os aspectos gerais da competição, que acontecerá de 14 de junho a 7 de julho. Nas próximas semanas, haverá novas definições, como as cidades sedes e as seleções convidadas. O Brasil possui estruturas esportivas qualificadas, que estão sendo submetidas a revisões para que a Conmebol e o Col possam tomar essas decisões, o que será informado o mais rápido possível – disse o diretor-executivo da gestão da CBF, Rogério Caboclo.

A Copa América terá 16 participantes: os 10 países que integram a Conmebol e mais seis convidados, que devem vir da Europa, da Ásia e da Concacaf.

Fonte: Globoesporte.com