José Eliton anuncia Batalhão de Terminal e 3.º Turno na Saúde para Luziânia

3 de maio de 2018
por
Ao cumprir extensa agenda administrativa em Luziânia na manhã desta quinta-feira (3), o governador José Eliton afirmou que o Governo de Goiás levará para o município, nos próximos meses, os programas Batalhão de Terminal, que integra o Mais Segurança, e o 3.º Turno, ação do Programa Mais Saúde. “Temos muitos investimentos em Segurança Pública na Região do Entorno. Recentemente, inauguramos o Batalhão da Rotam, no Jardim Ingá, que já dá resultados muito interessantes para a população, e a unidade do Comando de Operações de Divisas (COD). Esses esforços já propiciaram uma grande redução da criminalidade, mas vamos trazer para o Entorno, nos próximos meses, o Batalhão de Terminal”, declarou o governador, lembrando que a única unidade da Rotam fora de Goiânia fica em Luziânia.
 
Lançados nos primeiros dias da gestão do governador José Eliton, os programas têm como objetivo melhorar a qualidade de vida dos goianos. O Mais Segurança é um programa estadual cujo pacote de medidas de curto e médio prazo visa reduzir os indicadores de criminalidade e dar maior segurança à população. O Mais Saúde realiza consultas, exames e cirurgias no período noturno e aos sábados.
 
José Eliton disse que o Governo de Goiás vem trabalhando com determinação e planejamento para continuar reduzindo a violência em todo o Estado. “Estamos colocando, em todos os municípios, mais efetivo, soldados que concluíram seus cursos na Academia de Polícia e, agora, estão indo para as ruas. Estamos fazendo grandes investimentos em inteligência e tecnologia, reformando toda a frota das Polícias Militar e Civil. E abrimos concurso para 110 delegados de polícia que vão atender todo o Estado, complementando o quadro já existente”, afirmou o governador.
 
Sobre o Mais Saúde, José Eliton disse que o Estado estenderá “muito em breve” o programa. “Estamos ajudando com recursos do Programa Goiás na Frente: R$ 1,5 milhão para a reforma do Hospital Regional de Luziânia. Também iremos, muito em breve, estender, trazendo para cá o programa Terceiro Turno, que já implantamos em Goiânia, de modo a ampliar o atendimento de cirurgias eletivas e consultas médicas para a população, no período noturno, para que a gente possa ofertar uma saúde de qualidade ao cidadão”, disse o governador.
 
Confira o que governador José Eliton disse sobre as demais áreas da administração durante a agenda administrativa em Aparecida de Goiânia
 
Infraestrutura
“Estamos vistoriando obras do Programa Goiás na Frente. Já repassamos mais de R$ 4 milhões para o Município de um total de R$ 10 milhões, que estão sendo investidos na pavimentação e no recapeamento de ruas aqui de Luziânia, além de escolas e uma série de obras importantíssimas para o desenvolvimento da cidade.”
 
Social
“Temos uma agenda social muito carregada, muito forte em Luziânia, por meio do programa Cheque Reforma, para pessoas com deficiência física. O novo Jovem Cidadão, que dá oportunidade às pessoas que têm deficiência física. Estamos estabelecendo 10% das vagas para esse público. Temos uma agenda de solidariedade, de respeito, de inclusão social. Portanto, é um governo que se preocupa com a infraestrutura, mas também com o social.”
 
Parceria
“É sempre uma alegria voltar ao Entorno, ao Distrito Federal. Luziânia é uma cidade tradicional no Estado de Goiás, que tem um papel econômico muito forte para o nosso Estado, de modo que é uma grande felicidade poder estar aqui em uma agenda de trabalho, de desenvolvimento, onde os governos do Estado e Federal, por meio do Ministério das Cidades, estabelecem uma agenda importante para o crescimento e desenvolvimento da cidade.”
 
Recursos
“Estamos trazendo recursos para a conclusão do Hospital Regional do Município de Luziânia. O prefeito Cristóvão tem atuado com muita determinação nessa área. Entregamos, hoje, R$ 500 mil de um total de R$ 1,5 milhão que o governo está disponibilizando por meio do Goiás na Frente para conclusão desse importante hospital que foi iniciado e inaugurado pelo ex-governador Henrique Santillo e que, depois, foi municipalizado. Eu e o prefeito já conversamos e queremos inaugurar essa reforma e ampliação até o final de junho. Logo em seguida, vamos trabalhar para implantar aqui um programa que já é referência, o Segundo Turno, que é o atendimento no período noturno com cirurgias eletivas, consultas e exames. Só na primeira semana do programa, utilizando apenas o HGG e o Crer, nós realizamos, só em Goiânia, mais de 45 cirurgias e mais de mil consultas. Portanto, é uma ação fundamental.”
 
Transporte
“É uma agenda que estamos trabalhando há muitos anos nela, buscando melhorar o transporte da região. Existe uma dificuldade que envolve o transporte interestadual, cuja competência não é exclusiva do governo de Goiás, mas tem de haver relação com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) e com o governo do Distrito Federal (GDF) para concluirmos alternativas importantes para a população. De outro lado, os Municípios têm a competência local para regulamentarem o seu transporte coletivo nos seus âmbitos e o governo tem ajudado com o que é possível. Estou trabalhando com os prefeitos da região para estabelecermos duas prioridades de curto prazo, afinal, algumas são de médio e longo, como é o caso do Eixo e Modal Ferroviário e da extensão do BRT até Luziânia.”