“Sei cuidar das pessoas e lutar pelo nosso Estado”, diz Caiado na região Noroeste de Goiânia

20 de setembro de 2018
Ao participar de evento político na noite de quarta-feira (19 de setembro) na região Noroeste, uma das mais carentes de Goiânia, o candidato ao governo Ronaldo Caiado (Democratas) afirmou que é possível acreditar em um Goiás diferente, onde os lemas da administração sejam o combate à corrupção e às desigualdades regionais e o foco na qualidade de vida do cidadão.
“Vamos mudar Goiás. Aqui é um Estado rico, de oportunidades, que tem todas as ferramentas para ser o motor de desenvolvimento do Brasil. Acreditem na mudança que está em curso. Vamos governar com transparência e respeito ao cidadão”, afirmou Ronaldo Caiado em discurso muito aplaudido pelos moradores.
Médico há 43 anos, Ronaldo Caiado destacou a sua trajetória de vida e o empenho que sempre teve para atender as pessoas em suas necessidades. “Opero há mais de 40 anos, sou especialista em cirurgia da coluna, e nunca deixei de atender quem precisasse”, contou. Ele também destacou o trabalho que tem na política e que o fez reconhecido nacionalmente como um dos cabeças do Congresso, conforme levantamento divulgado esta semana pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP).
“Sempre me mantive independente em minhas ideias e posições. Sei cuidar das pessoas e também lutar por nosso Estado de Goiás. Os goianos nunca me viram envolvido em bandalheira e negociata. Sou um homem que acredita que o Estado não foi feito para que o cidadão simplesmente pague imposto, mas para permitir que este tenha saúde, educação e segurança de qualidade”, frisou.
O encontro político foi em apoio ao deputado estadual José Nelto (Podemos), que busca vaga na Câmara dos Deputados, e do candidato a deputado estadual Darlan Canarinho (DC). Em seu discurso, o senador fez questão de lembrar o apoio que sempre recebeu de José Nelto para a sua candidatura.
“Fiz questão de vir aqui por um motivo importante, que é agradecer a José Nelto que tanto trabalhou para que estivéssemos hoje nesta campanha ao governo de Goiás. É preciso reconhecer que ele não teve medo de assumir uma posição, sustentá-la e ainda contribuiu na busca por aliados”, elogiou.