Presença digital aumenta vendas em até 60% em Goiânia

15 de janeiro de 2019
por

A interação com o público pelas plataformas digitais fez toda a diferença para o negócio dos jovens Fabricio Rezio e Claudiane Alves. Proprietários da primeira escola de danças urbanas do Estado de Goiás, eles perceberam um aumento de 60% nas matrículas após investir em postagens diárias de vídeos, fotos e informativos no Instagram.

Em agosto deste ano, abriram a segunda unidade em Goiânia e também a própria marca de roupas a “Vibe 62 Urban Style”.  Para Claudiane Alves, estar de forma ativa na internet é fundamental para o sucesso de qualquer de empreendimento. “Hoje, a maioria da população tem um smartphone e resolve questões pessoais e o onde aplicar seu dinheiro com apenas um clique”.

Fabricio Rezio, que também é produtor cultural, afirma que, após um ano de trabalho consistente nas mídias digitais percebeu também um intercâmbio maior com profissionais de outras regiões do Brasil. Segundo ele, as plataformas digitais favorecem a cultura e têm permitido aos profissionais de Goiás levar seus conhecimentos para outros estados brasileiros. “Isso é espetacular. Produzimos muitas programações bacanas aqui e explorar isso nacionalmente é fantástico”.

O especialista em  marketing digital e publicidade Renato Maia, sócio-fundador da Imagem 7 Marketing, explica que no país mais de 64% da população com idade superior a 10 anos têm acesso à internet. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e aponta que mais de 116 milhões de brasileiros estão conectados à rede por meio de celulares, computadores e tablets. “Não é mais possível pensar um negócio que não esteja posicionado na internet. A comunicação mudou e o empreendedor ou profissional precisa focar em seu público-alvo e, com certeza, essas pessoas estão no mundo virtual”.

Roberto Gaioso, proprietário da RTG Especialização, observou um aumento na interação entre os alunos após reorganizar a presença digital de sua marca. Segundo ele, ao se comunicar de forma profissional na internet, por meio de vídeos e mensagens, a empresa conseguiu garantir agilidade e eficiência na troca de mensagens com seu público-alvo.  “A comunicação seja pessoalmente ou de forma instantânea pelas mídias digitais tem feito a diferença em nosso negócio. Aqui a voz principal é a do cliente, que agora pode nos acessar em tempo integral”.

A psicóloga e especialista em negócios na internet, Gisele de Souza, diz que as mídias digitais assumiram um papel forte nas estratégias das empresas e estar bem posicionado faz toda a diferença. Ela chama a atenção para os riscos de não planejar a comunicação digital. “As mídias digitais trouxeram infinitas possibilidades de exposição de ideias, de marcas e negócios. No entanto, é preciso atenção, pois uma fala ou mensagem mal interpretada pode causar uma crise sem precedentes. Já vimos negócios e reputações serem gravemente abaladas após uma postagem”.

Serviços especializados

O especialista em marketing digital Renato Maia explica que a busca por assessorias especializadas também tem crescido junto com o aumento da presença das marcas e empreendimentos nas redes digitais. Neste ano, o relatório “Digital in 2018: The Americas”, feito pelas  empresas We are Social e Hootsuite, apontou que 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais, sendo que deste público 58% já buscou por um serviço ou produto pela internet.

As redes mais utilizadas são YouTube, com 60% de acesso, o Facebook com 59%, o WhatsApp com 56% e o Instagram com 40%. Ele afirma que o Instagram tem se tornado a mídia queridinha dos negócios. “Além das postagens nos feeds, os Stories não param de crescer e já conta com 250 milhões de usuários mundiais e o Brasil também lidera o ranking de acesso nesse canal”.

O especialista em audiovisual e fundador da AT+G Produções, Anselmo Troncoso, diz que os festivais de música e os cantores se fortalecem com a internet porque conseguem ampliar de forma vertiginosa o alcance de público. Responsável por transmissões de eventos, em todo o País, com alcance de mais de quatro milhões de pessoas por dia, ele diz que essa multiplicação do público é possível graças à tecnologia.

Segundo ele, ao unir o real e o digital, além de movimentar a cena local, os eventos inspiram pessoas em todo o mundo, que assistem, em tempo real, se tornam fãs dos cantores e iniciam planos para viver a experiência de estarem pessoalmente nos shows. “O alcance de público é global porque não tem fronteiras”.

Anselmo Troncoso diz que efeito positivo da tecnologia, em todas as áreas dos eventos de músicas, pode ser observado nas experiências do Festival Villa Mix, que, a cada ano, tem reunido cada vez mais pessoas em seus shows. “Tenho plena certeza que as imagens dos festivais e dos artistas se fortaleceram com as transmissões tanto ao vivo quanto pela TV pelo canal da Multishow e MTV. Prova disso está na ampliação da programação para dois dias, todos com lotação máxima de público”.

Legendas para as imagens em anexo

Especialista em Marketing Digital, Renato Maia diz que não é mais possível pensar um negócio que não esteja posicionado na internet

Psicóloga e especialista em negócios na internet, Gisele de Souza afirma que as mídias digitais assumiram um papel forte nas estratégias das empresas