Onde ir – Dororó: o popular que o Ian Baiocchi quer “esconder”.

3 de fevereiro de 2019
Onde Ir
por

Onde Ir Goiânia – Dicas de lugares para ir, comer e se divertir em Goiânia e Região. Marcos Queiroz – Publicitário e proprietário da Big Jungle Propaganda. Yuri Alvares – Advogado

Logo na inauguração, o marketing do Dororó foi gigantesco. Localizado no AlphaMall, tinha um conceito legal, uma arquitetura e decoração divertida, mas o ponto chave do local era o fato do cardápio ser assinado pelo famoso chef goiano Ian Baiocchi.

A nossa segunda publicação do @ondeirgoiania foi justamente de lá e falamos o tanto que os sanduíches eram bons, mesmo, na época, achando-os caros e pequenos. De fato, os seus sabores eram diferentes e até então inusitados e bem feitos. Sempre pensamos em voltar, mas nunca tínhamos tido a oportunidade, até essa semana.

 

Olhamos nas redes sociais e vimos que estava com cardápio de menu executivo para o almoço e ficamos curiosos para conhecer. Segundo o Instagram @dororobrasil, o prato principal seria por R$ 15,00 e o combo (prato+bebida+sobremesa) sairia por R$ 20,00.

Chegando ao local o cardápio não era o mesmo, tinha uma fita crepe, sim, fita crepe, tampando o valor de R$ 15,00 e as palavras bebida e sobremesa. Ou seja, apenas o prato estava custando R$ 20,00. Nos frustramos um pouco, mas resolvemos arriscar mesmo assim e esse foi o nosso maior erro.

Na hora de pedir o prato escolhemos a picanha suína e o filé de tilápia e, apesar de estar no cardápio, estavam “em falta”. Nos sobrou o Escalope de Alcatra, um com molho barbecue e outro com molho da casa (picante). Pra acompanhar, um prato foi com batata frita e feijão tropeiro, o outro com uma massa quatro queijos. Todos acompanham salada.

A carne estava saborosa, mas não estava ao ponto, como pedimos, tinha passado um pouco e os acompanhamentos estavam ok, nada demais e o review acaba por aqui.

 

É muito chato quando você vai em um lugar e gosta muito, indica para as pessoas e depois, quando retorna, não encontra a mesma qualidade. Sei que o Ian Baiocchi não é chef lá e apenas assinou o cardápio, mas não dá pra negar que essa sacada de marketing é ainda o que mais leva as pessoas lá para conhecerem e, quando não verifica a mesma excelência dos demais restaurantes, se frustram muito.

Já fizemos review de vários outros locais de menu executivo aqui e todos melhores que o Dororó e até mais baratos. Sinceramente não compensa mais a ida!