Francisco Jr é o primeiro líder católico goiano que pode ser eleito deputado federal

1 de outubro de 2018

Candidato busca votação em todos os 246 municípios para levar a bandeira da Defesa da Vida, Espírito Público e da Política de Resultado para o Congresso Nacional

Um jeito diferente de fazer política. Assim, Francisco Jr pretende se eleger deputado federal no próximo 07 de outubro.

Católico, praticante, e incentivador de diversos seguimentos e movimentos da igreja católica – Francisco Junior quer ser representante das ideias da igreja no Congresso Nacional, que já possui dois representantes evangélicos goianos – Deputado João Campos e Fábio Sousa.

Francisco não é o primeiro líder envolvido diretamente com as causas da Igreja Católica a chegar próximo de se eleger a deputado Federal. Contudo, seguindo as normas da igreja, e em respeito as regras eclesiásticas de não misturar a política com o governo  canônico, o candidato recebe apoio de lideranças e dos seguimentos católicos, através do apoio e incentivo de milhares de fiéis, que quer vê-lo na Câmara federal.

Advogado, mestre em políticas públicas, Francisco Junior foi convidado para a política em um momento em que Goiânia, sua cidade natal, precisava de reordenamento urbano. Ajudou fazer o Plano Diretor. Foi duas vezes secretário, vereador, e um dos poucos presidentes do legislativo goianiense sem carregar qualquer mácula de ilegalidade.

Após, elegeu-se e se reelegeu deputado estadual, e de lá para cá, amplia seu trabalho para os mais diversos seguimentos sociais. Sua principal bandeira é a Defesa da Vida , Espírito Público  e da Política de Resultado. Católico, não usa e não instrumentaliza as instituições religiosas para se promover politicamente – ao contrário, busca levar o convencimento através de ações concretas que defenda os valores cristãos.

Resultado disso é que Francisco Junior aglutinou apoio dos seguimentos da Igreja, sempre estruturado na sua base – pois são as famílias, os grupos de oração, quem mais dinamizam e levam a importância de ter um político á altura de Francisco na Câmara Federal – centenas de padres, párocos e líderes, dentro das limitações institucionais e legais, ampliam esse leque, da importância de ter um congressista que leve os valores cristão para o Congresso Nacional.

A Igreja Católica em peso apoia o candidato Francisco Júnior

Francisco é apoiado e incentivado por centenas de outros seguimentos, prefeitos e lideranças presentes nos 246 municípios.

A exemplo, Tânia Salgueiro, prefeita de Santa Rita do Araguaia, destaca a atuação municipalista de Francisco Junior. O candidato conta com apoio do ex-prefeito de Piracanjuba, Wilson Borges, organizador da festa das Orquídeas no município.

O setor cultural vem bem representado pelo ator e humorista Juquinha. Em Goiânia, Francisco Júnior conta com o apoio do deputado estadual Lucas Calil, que vem se destacando como um jovem parlamentar municipalista.

A candidatura de Francisco Júnior é vista como promissora, diferente e depende muito mais do nível de compreensão e conhecimento do eleitor, do que do resultado nas urnas. “Não faço política tradicional, do jeito antigo, priorizo as minhas propostas e apresento o meu perfil e o jeito diferente de fazer política ao eleitor”, diz Francisco Júniorr , que espera ser votado em todos os 246 município e, caso eleito, traz como principal compromisso: não mudar o jeito de ser e de fazer política.

Trajetória

Francisco Rodrigues Vale Júnior nasceu em Goiânia, é casado e pai de três filhos. Formou-se em Direito em 1996 pela antiga Universidade Católica de Goiás, hoje PUC-Goiás, onde também é Pós-Graduado em Relações Internacionais Mercosul, e também é Mestre em Desenvolvimento e Planejamento Territorial.

Sua primeira profissão foi a de menor auxiliar de serviços gerais no Banco do Brasil, posteriormente atuou como professor durante 14 anos, ensinando geometria descritiva, ensino religioso, filosofia e sociologia no Colégio Santo Agostinho e na Universidade Católica de Goiás.

Atuante no movimento da Renovação Carismática Católica – RCC, desde 1990, foi coordenador em nível Arquidiocesano e Estadual (2000/2004), e membro do Conselho Nacional RCC Brasil por vários anos. Continua participando do Grupo de Oração em Goiânia, dos Conselhos da RCC Goiânia e Goiás, da Associação Servos de Deus, obra social da RCC, e ministrando palestras por todo estado de Goiás.

Foi secretário de Planejamento da Prefeitura de Goiânia de 2005 a 2008, adotando o diálogo foi responsável pela elaboração e aprovação do Plano Diretor de Goiânia – PDG/2007.

Com votação expressiva, em 2008 foi eleito vereador na capital e escolhido, por unanimidade, como presidente da Câmara Municipal de Goiânia para gestão 2009/2010 com atuação moderna e transparente.

Foi eleito Deputado Estadual em 2010 pela primeira vez, e assumiu a presidência da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo.

Sua atuação parlamentar tem como foco a defesa da vida e o desenvolvimento sustentável, com especial atenção às entidades, os movimentos sociais e a qualidade de vida de cada cidadão, expressos em diversos Projetos e Leis já em vigor.

Em 2016, Francisco Júnior foi candidato a prefeito de Goiânia. Fez uma campanha propositiva e inovadora, tanto no formato quanto no conteúdo, chamando a atenção da população e dos veículos de imprensa ao propor um jeito próprio de fazer política.

Em dezembro de 2017 Francisco Jr lançou o livro: “A Função Social da Propriedade Urbana de Goiânia”, o qual nasceu de uma dissertação do mestrado e foi atualizado durante anos fazendo com que ela se torne atual.

Nota: essa matéria é idealizada pela sua autora, não constitui propaganda eleitoral e o espaço está aberto aos demais candidatos que pretender divulgar suas propostas.