A República brasileira está desmoronando

3 de maio de 2018
Alano Queiroz
por

Ortopedista.

Alano é ortopedista

O edifício Wilton Paes de Almeida, no centro de São Paulo, que desabou após um incêndio que tomou conta da construção, onde centenas de pessoas moravam em uma ocupação irregular é só mais um símbolo do abandono que o Estado tem com o patrimônio público.

O edifício, que pertencia à União, foi construído em 1966 e estava abandonado havia 17 anos. No passado, foi considerado um patrimônio na cidade. Serviu como sede da Polícia Federal e abrigou uma agência do INSS. Infelizmente, sua história se encerrou em uma tragédia. Podendo chegar a mais de 40 mortos.

Enquanto isso o governo está gastando quase R$ 2 bilhões por ano com aluguéis de prédios públicos, enquanto tem mais de 18 mil imóveis do próprio governo que estão abandonados. Isso em um momento em que o governo diz que falta dinheiro para fechar as contas.

Não dá para entender. O país em crise, o governo precisando ajustar as contas, mas gastando um dinheiro enorme com aluguéis. Sendo que está cheio de imóveis vazios. E o que é pior: deixa um patrimônio público, como foi o caso do edifício Wilton Paes de Almeida solto a própria sorte, fazendo vítimas. Talvez não são apenas prédios que estão caindo, é toda a república que está desmoronando.