Sidebar

19
agosto sbado

Alunos da rede municipal recebem medalhas da Olimpíada Brasileira de Matemática

Typography
No total, 42 alunos serão premiados com prata, bronze e menções honrosas

A tarde desta quinta-feira, 10, será marcada por emoção e alegria para 42 alunos da Rede Municipal de Ensino da Capital, que receberão suas medalhas de prata, bronze e menções honrosas pela participação na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) em 2016. A solenidade de premiação será realizada às 14h, no auditório da Biblioteca da Universidade Federal de Goiás (UFG), no Campus Samambaia.

Um dos alunos medalhistas no bronze é o Jonatan de Lima Santos, 14 anos, matriculado na Escola Municipal Pedro Gomes de Menezes. O estudante, identificado com altas habilidades e superdotação, pela equipe do Centro Municipal de Apoio à Inclusão (Cmai) Brasil de Ramos Caiado, onde recebe acompanhamento semanal, é motivo de orgulho para a mãe, Maria de Jesus. “Estamos muito felizes com essa conquista dele. É um verdadeiro talento e dom dado por Deus”, afirmou.

A pedagoga que acompanha o aluno no Cmai, Elisângela Moreira Borges, destacou que a equipe o incentivou a participar da OBMEP, visto que é a área que ele mais gosta e se interessa. “Trabalhamos no sentido de desenvolver o potencial dos alunos, e no caso ele, a área de exatas é a sua preferência. Inclusive, já foi até convidado para participar de um projeto com professores da UFG”, destacou.

A Olimpíada é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (Mcti) e do Ministério da Educação (MEC), a olimpíada é destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e contribui para estimular o estudo da disciplina de matemática no Brasil, identificar jovens talentosos, incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas, bem como promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Estudos independentes comprovam um efetivo impacto da OBMEP nos resultados de Matemática no país. Escolas que participam ativamente da competição acadêmica apresentam acentuada melhora no desempenho de seus alunos na Prova Brasil: a evolução é da ordem de 26 pontos, o que corresponde a 1,5 ano de escolaridade extra.

Serviço
Assunto: Solenidade de premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas
Data: 10 de agosto
Hora: 14h
Local: Teatro da Biblioteca da UFG – Campus Samambaia
Contato: Secretaria Municipal de Educação e Esporte – SME – 3524-5054